Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 13ª SEMANA DE CIÊNCIA & TECNOLOGIA 2017 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA E APTIDÃO FÍSICA DOS ALUNOS DOCURSO TÉCNICO INTEGRADO DO CEFET-MG CAMPUS DIVINÓPOLIS E SUA RELAÇÃOCOM A SAÚDE E O RENDIMENTO ESCOLAR
Leonardo Gomes Martins Coelho, Reivid Nunes Paula, Izabela Barbosa Martins

Última alteração: 2017-08-30

Resumo


A atividade física, a aptidão física e a saúde relacionam-se entre si de forma positiva e linear. Estimular a prática de exercícios físicos na infância e adolescência, pode contribuir para a melhoria da qualidade de vida relacionada à saúde, pois endossaria a prevenção ao sedentarismo na fase adulta. Além disso, pesquisadores têm associado a atividade física e aptidão física à melhora da cognição. Portanto, o objetivo do presente estudo foi avaliar os níveis de atividade física e aptidão física relacionada à saúde e rendimento escolar dos alunos do ensino técnico integrado do CEFET-MG campus Divinópolis. A amostra foi composta por alunos regularmente matriculados no ano de 2016. Os alunos foram submetidos a um questionário de nível de atividade física (PAQ-C) através da ferramenta on line (survey monkey). Ao todo foram coletados 64 questionários, porém, apenas 25 alunos registraram o nome. Devido à falta de adesão, não foi possível identificar a aptidão física e a saúde. O teste de Pearson foi utilizado para verificar se houveram correlações entre o nível de atividade física e as notas apresentadas. O nível de significância adotado foi p < 0,05. Os resultados do presente estudo demonstraram que os alunos do ensino técnico integrado do CEFET-MG campus Divinópolis apresentam baixo nível de atividade física, sendo, portanto, considerados sedentários. Além disso, não foram observadas correlações significativas entre o nível de atividade física e o rendimento escolar.

Palavras-chave


Atividade física. Aptidão física. Saúde. Rendimento escolar.