Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 13ª SEMANA DE CIÊNCIA & TECNOLOGIA 2017 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
IMPLEMENTAÇÃO DAS COTAS SOCIAIS E RACIAIS NO CEFET-MG – 2013-2016: CARACTERÍSTICAS DA CULTURA INSTITUCIONAL DE UM ESTABELECIMENTO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
Silvani dos Santos Valentim, Ellis Roberta de Andrade Silva

Última alteração: 2017-08-28

Resumo


RESUMO

A presente pesquisa objetivou analisar os processos de implantação e implementação das cotas sociais e raciais, em conformidade com a Lei nº 12.711/2012, no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais – CEFET-MG, entre os anos de 2013 a 2016. Uma primeira abordagem da implantação e implementação da Lei nº 12.711/2012 no CEFET-MG se valeu da influência de teorias pós críticas (ou pós-modernas) na qual a abordagem sociocultural presente nos estudos sobre estabelecimentos escolares merece destaque. Intencionou-se, nesta pesquisa, verificar como o CEFET-MG, que até então não tinha nenhuma política de ação afirmativa de base racial, organizou o processo seletivo de modo a cumprir a legislação. Para realizar o estudo, levantamentos foram realizados a partir de descritores tais quais: cotas sociais e raciais; ação afirmativa; sociologia dos estabelecimentos de ensino e cultura institucional. Estudo dos artigos, teses e dissertações relacionados ao tema da pesquisa serviram de base para os questionários realizados. Ao concluir este estudo foi possível apreender que a implantação e a implementação das cotas no CEFET-MG carecem de aprofundamentos e diálogo com gestores/as e coordenadores/as.

Palavras-chave


Cotas sociais e raciais. Lei 12.711/2012. Ações afirmativas.