Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 13ª SEMANA DE CIÊNCIA & TECNOLOGIA 2017 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
Análise da influência do reciclo de aminas sobre a flotabilidade do quartzo
Maria Auxiliadora Mendes Aguiar, Renata Furtado Monteiro

Última alteração: 2017-09-14

Resumo


O processo mais utilizado para concentração de minério de ferro é a flotação catiônica reversa, na qual é utilizado amido como depressor de hematita e amina como coletor de ganga silicática. Nesse sistema, os gastos com reagentes são relativamente altos e os níveis de recuperação e seletividade da operação dependem significativamente da otimização do consumo dos mesmos. Além disso, há um grande apelo relacionado à consciência ambiental e o descarte dos reagentes impacta diretamente o meio ambiente, tornando-se necessário minimizar ao máximo este efeito. Alguns estudos vêm analisando a viabilidade de recirculação de aminas e têm apresentado resultados positivos, entretanto ainda não foi realizada esta análise em escala de microflotação. O presente estudo tem por objetivo verificar, através de ensaios de microflotação em tubo de Hallimond modificado, a influência do reciclo de amina sobre a flotabilidade do quartzo. Para isso, a solução de amina com dosagem otimizada para flotação foi recirculada sucessivas vezes, sendo analisada a influência da recirculação sobre a flotabilidade do quartzo. Foi determinada a dosagem de amina residual através de uma curva de calibração contendo dosagem de solução de amina versus flotabilidade. Verificou-se que mesmo com dosagens otimizadas de amina, ainda há amina residual, sendo possível seu reciclo. Além disso, verificou-se uma possível economia de 45% de reagente em novos processos.

Palavras-chave


Minério de ferro. Microflotação. Recirculação de amina.