Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 15ª Semana de Ciência & Tecnologia 2019 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE MATERIAIS BASEADOS EM POLIPROPILENO E PAPEL MOEDA
Patricia Santiago Patricio, Ingrid Amélia Matusinho

Última alteração: 2019-09-06

Resumo


Anualmente, o Banco Central do Brasil emite toneladas de cédulas monetárias, a instituição é encarregada pela emissão e pelo gerenciamento da atividade de saneamento do meio circulante. Sendo assim, é responsável pelo recolhimento e retirada de circulação de cédulas monetárias inadequadas que se apresentam em más condições de uso. Inicialmente, realizava-se a incineração desses materiais, porém, atualmente as cédulas são trituradas e armazenadas, gerando assim um grande aporte de resíduos. Com a finalidade de um direcionamento efetivo para a redução desse acúmulo, o presente trabalho objetiva-se no desenvolvimento de uma metodologia fundamentada na recuperação de resíduos de cédulas por meio da elaboração de compósitos poliméricos. A produção dos materiais foi realizada pela homogeneização do polipropileno e da cédula monetária em concentrações de cédulas 10, 20 e 30 % em massa. Posteriormente, o material obtido passou por processo de extrusão e foi analisado por ensaios de tração, análise termogravimétrica, espectroscopia no infravermelho e teste de degradação acelerada. Os resultados obtidos mostraram que a incorporação de cédulas no polipropileno auxilia no aumento de suas propriedades mecânicas e na estabilidade térmica. Utensílios produzidos por moldagem a partir de injeção ou impressão 3D. O compósito produzido contribui para minimizar o acúmulo de cédulas monetárias inadequadas a circulação de forma eficiente.

Palavras-chave


Cédulas monetárias. Compósitos poliméricos. Polipropileno.