Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 15ª Semana de Ciência & Tecnologia 2019 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
A QUESTÃO AGRÁRIA BRASILEIRA NA OBRA DE JOÃO CABRAL DE MELO NETO
Lucas Guedes Vilas Boas, Larissa Oliveira Souza

Última alteração: 2019-09-03

Resumo


A agricultura possui suma importância para a economia e a sociedade no Brasil há séculos. Deste modo, o objetivo do trabalho é compreender e avaliar as principais características da questão agrária brasileira e identificá-las nas obras de João Cabral de Melo Neto, a partir da pesquisa bibliográfica efetivada por meio de análise e interpretação de suas obras, e da leitura de artigos científicos que as analisam e tratam da conjuntura agrária nacional. Com base nas pesquisas realizadas, notou-se que a agricultura ocupa um papel de profunda importância no cenário socioeconômico brasileiro desde o período colonial. Com o decorrer do tempo, ela sofreu inúmeras transformações, devido à subordinação da agricultura ao modo de produção capitalista. Essas mudanças sofreram muitas críticas, inclusive no campo artístico, com destaque para a literatura. João Cabral, um dos mais célebres poetas modernistas, foi muito importante nesse quesito, uma vez que fez diversas denúncias sobre os problemas agrários do Nordeste, os quais, por sua vez, representam também muitos problemas comuns ao país como um todo. Assim, pode-se concluir que a obra de Melo Neto discute e evidencia, mantendo o rigor da escrita literária, muitos problemas estruturais presentes no campo e na agricultura, como a elevada concentração fundiária, a desigualdade social, a violência e a miséria no campo. Além disso, a pesquisa corrobora a possibilidade de diálogo entre ciência e literatura.

Palavras-chave


Questão agrária. João Cabral de Melo Neto. Agricultura. Brasil.