Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 15ª Semana de Ciência & Tecnologia 2019 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
RECLASSIFICAÇÃO DOS AUTÔMATOS CELULARES DETERMINÍSTICOS
Marcela Richele Ferreira, José Antônio Carneiro Ávila

Última alteração: 2019-08-20

Resumo


Os Autômatos Celulares (CA) são modelos matemáticos computacionais que obedecem a regras específicas. Essas regras são locais e determinam sua evolução temporal de acordo com o estado da vizinhança de um dado sítio e do seu próprio estado em um determinado instante de tempo. A evolução de cada autômato gera um perfil característico que permitiu ao cientista Stephen Wolfram a realização de uma classificação inicial. Com o objetivo de ampliar essa investigação, esse trabalho propôs um novo mapeamento baseado na variação da rugosidade. Para isso, foi considerada uma rede regular constituídas por sítios idênticos que assumiram dois valores possíveis: 0 (vazio) ou 1(ocupado). Esses estados modificavam a cada interação e eram responsáveis por determinar o estado seguinte. Além de apresentar interações locais, a atualização acontecia de forma síncrona em todos os sítios. O código foi desenvolvido em linguagem C, e permitiu a visualização da evolução das regras de cada autômato celular, bem como o cálculo da rugosidade gerada a cada passo de tempo. Foi criado, também, um script no Scilab para a construção dos gráficos da rugosidade em função do tempo. Após análise dos gráficos obtidos, observou-se comportamentos diferentes para autômatos de uma mesma classe. Com esses resultados foi possível gerar um novo mapeamento e concluir que uma análise mais profunda para cada subclasse gerada será possível a partir do cálculo dos expoentes críticos que são calculados a partir da rugosidade.

Palavras-chave


Autômatos Celulares Determinísticos. Evolução temporal. Rugosidade.