Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 15ª Semana de Ciência & Tecnologia 2019 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
IDENTIFICAÇÃO DE ESPÉCIES DE PEIXES CANDIDATAS À DISPERSORAS DE SEMENTES NA BACIA DO RIO CIPÓ
Thiago Cotta Ribeiro, Gilmar Soares Andrade, Lorrane Paola dos Santos Resende

Última alteração: 2019-09-06

Resumo


A dispersão de sementes é um sistema eficiente utilizado por plantas para reprodução, propagação da espécie e muitas vezes para controle de áreas degradadas. Tal processo ocorre a partir de dois meios principais: abióticos (água e vento) e bióticos (animais) e fazem com que ao cair em locais com características favoráveis ao desenvolvimento do grão, o mesmo consiga germinar e se desenvolver. Ao se alimentarem, peixes muitas vezes ingerem sementes que são fragmentadas ou que permanecem inteiras em seu trato digestivo. Frutos com sementes grandes e casca dura são geralmente triturados, já frutos com pequenas sementes são engolidos, sendo mais viáveis à germinação após a defecação do animal. O objetivo central desta proposta é identificar quais espécies dentre aquelas presentes na bacia do rio Cipó, incluem sementes em sua dieta. As espécies capturadas tiveram seu comprimento total e padrão medidos, assim como seu peso. Em seguida, realizou-se a retirada dos estômagos para que os conteúdos estomacais pudessem ser identificados e pesados. Depois de analisar 51 indivíduos advindos de 6 espécies diferentes de peixe, foi possível verificar que apenas a espécie Brycon nattereri apresentou sementes em seu trato digestivo, representando, portanto, a única espécie, dentre as analisadas, como candidata à dispersão de sementes.

Palavras-chave


Ictiocoria. Dieta. Peixes.