Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 15ª Semana de Ciência & Tecnologia 2019 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
ASPECTOS ESTRUTURAIS E FUNCIONAIS DA ICTIOFAUNA DA SERRA DO CIPÓ, MINAS GERAIS
Thiago Cotta Ribeiro, Camila Iannarelli Galvão Alves

Última alteração: 2019-08-21

Resumo


A região Neotropical é considerada como uma das regiões com maior diversidade de peixes do planeta. No mundo, cerca de 13.400 espécies já foram estimadas, sendo 6.000 para região Neotropical. A América do Sul contém a mais rica ictiofauna de água doce do mundo com uma diversidade estimada de cerca de 5.000 a 8.000 espécies. A análise da fauna de peixes em um dado ecossistema é útil ferramenta para a caracterização das condições ambientais da região. Assim, esse estudo preocupou-se em verificar diferentes aspectos da ictiofauna de múltiplos pontos no rio Cipó - MG, a fim de mensurar as condições biológicas do local. Como resultado, observou-se que a riqueza da região totaliza 34 espécies, em que a maioria dos peixes capturados têm hábitos alimentares onívoros, representando mais de 60% da riqueza de peixes da área. A grande parte das espécies locais são de pequeno porte, atingindo menos de 10 centímetros, embora ainda possa ser encontrado peixes de maior porte, que não passam de 45 centímetros. Esses peixes de pequeno porte, embora representem a maioria de indivíduos e 66,4% do total de peixes, não correspondem à maior parte da biomassa local, que se concentra nos peixes maiores, que somam apenas 17,8% dos indivíduos analisados.

Palavras-chave


Ictiofauna. Rio Cipó. Ecologia.