Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 15ª Semana de Ciência & Tecnologia 2019 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
SÍNTESE DE CARVÃO ATIVADO A PARTIR DE RESÍDUOS DE ESPUMAS DE POLIESTIRENO EXPANDIDO E APLICAÇÃO NA REMOÇÃO DE AZUL DE METILENO EM MEIO AQUOSO
Paulo Fernando Ribeiro Ortega, Natal Junio Pires, Guilherme Otávio dos Santos, Talita Káren Magalhães Amaral

Última alteração: 2019-09-05

Resumo


Atualmente os carvões ativados (CAs) são o adsorventes mais utilizados na remoção de poluentes encontrados em resíduos domésticos e industriais. Muitas pesquisas objetivam a sua obtenção a partir de resíduos plásticos tais como os provenientes de polietileno tereftalato (PET), Policloreto de Vinila (PVC) ou de espuma de poliestireno expandido (EPE). Neste trabalho, resíduos de EPE foram utilizados para a produção de CA via ativação química com KOH. O material resultante possui propriedades texturais ótimas para a adsorção de contaminantes orgânicos, com um volume total de poros de 1,20 cm3 g-1, elevada área superficial específica (2712 m2 g-1) e conteúdo mássico de grupos funionais oxigenado de 3,8 %(m/m). Nos testes de equilíbrio para a remoção de azul de metileno, o CA-EPE alcança uma elevada capacidade de adsorção de 1058 mg g-1 em pH 11 e supera 950 mg g-1 entre pH 1 e 9. Estes resultados demonstram que a produção de CAs pode ser considerada um excelente destino para os resíduos de EPE, com capacidade adsortiva superior à da maioria dos adsorventes relatados na literatura.

Palavras-chave


Carvões ativados. Poliestireno expandido. Adsorção sólido-líquido.