Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 15ª Semana de Ciência & Tecnologia 2019 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
CONSIDERAÇÕES SOBRE ANALISE ESTRUTURAL DE PONTE DE CONCRETO ARMADO - ESTUDO DE CASO CURVELO
Thiago Bomjardim Porto, Thiago Pena Bortone, Victoria Guimarães Leite

Última alteração: 2019-08-22

Resumo


Este trabalho propõe fazer uma avaliação sobre os métodos aproximados para o cálculo de tabuleiros de pontes com estrutura em concreto armado, tendo em vista os atuais recursos numéricos disponíveis. No passado, era usual a utilização de simplificações no cálculo dos elementos constituintes da ponte: superestrutura, mesoestrutura e fundação, na definição dos esforços solicitantes no estado limite último (ELU) e para a avaliação dos deslocamentos no estado limite de serviço (ELS). A partir dessas análises triviais, usualmente analíticas, as verificações dos parâmetros da estrutura eram feitas. Sabe-se, no entanto, que a análise estrutural simplificada ocasiona eventual inexatidão nos esforços solicitantes e nos valores de deflexão da Obra de Arte Especial (OAE), uma vez que não se considera a interação real, tridimensional, entre os elementos principais constituintes da estrutura: tabuleiros, longarinas, pilares, alas e elementos de fundação. Assim, um superdimensionamento dos insumos são feitos, como por exemplo, consumo de aço e concreto, logo, onerando o empreendimento em questão. Visto o exposto, pretende-se nesta pesquisa fazer um comparativo dos resultados obtidos analiticamente em uma ponte de concreto armado com 2310 cm de vão, com pilar central e duas alas laterais, funcionando simultaneamente como elemento de contenção e pilar, com os resultados de um software de análise e dimensionamento estrutural em conformidade com a NBR 6118/2014.

Palavras-chave


Pontes. Cargas móveis. Concreto armado.