Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 15ª Semana de Ciência & Tecnologia 2019 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
OS 100 ANOS DE IUPAC: ANÁLISE DO USO DE SUAS RECOMENDAÇÕES NAS CONCENTRAÇÕES DE SOLUÇÕES
Rodrigo Régis Campos Silva, Thamires Alves Silva

Última alteração: 2019-09-01

Resumo


IUPAC é a sigla para “International Union of Pure and Applied Chemistry”, que em português significa “União Internacional de Química Pura e Aplicada.” É uma organização não governamental, criada em Genebra na Suiça, em 1919, completando o seu centenário em 2019. Possui diversas publicações com o objetivo de unificar a linguagem da Química e de disciplinas afins, melhorando a troca de informações científicas entre estudantes e cientistas de diferentes países. Porém, mesmo após o seu centenário, percebe-se diversos usos incoerentes em relação às suas recomendações. Neste trabalho, analisamos se as recomendações IUPAC para os símbolos de grandezas utilizadas no ensino de soluções são seguidas por livros comumente encontrados e adotados como referência na educação básica e superior. Baseamos as recomendações no livro verde (Green Book), Grandezas, Unidades e Símbolos em Físico-Química, publicado pela IUPAC em 2008. Foram analisados livros didáticos comumente adotados no ensino médio. Notou-se uma falta de uniformidade em relação aos símbolos das grandezas que envolvem as concentrações de soluto nas soluções. Diversos autores de livros consagrados na área da química insistem em não seguir as recomendações adotadas pela IUPAC. A falta de um padrão, dificulta a comunicação, ainda mais se tratando da química, que utiliza majoritariamente, uma linguagem simbólica.

Palavras-chave


Recomendações IUPAC. Centenário IUPAC. Símbolos de grandezas.