Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 15ª Semana de Ciência & Tecnologia 2019 - CEFET-MG

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DO EFEITO PROTETOR DE LACTOBACILLUS DELBRUECKII SUBSP. LACTIS CIDCA 133 EM MODELO DE MUCOSITE INTESTINAL INDUZIDO PELO ANTINEOPLÁSICO 5-FLUOROURACIL
Mariana Martins Drumond, Pamela Del Carmem Mancha-Agresti, Jordan Grey Chamone Verdolin, Luis Claudio Lima de Jesus

Última alteração: 2019-10-18

Resumo


A mucosite intestinal é um efeito citotóxico de drogas antineoplásicas como o 5-Fluorouracil (5-FU), que se caracteriza por ulceração, inflamação, diarreia e intensa dor abdominal, sendo um problema grave na clínica médica. O uso de probióticos pode ser uma estratégia terapêutica eficaz para aliviar o dano intestinal causado pela quimioterapia com 5-FU. As propriedades probióticas de Lactobacillus delbrueckii subsp. lactis CIDCA 133 têm sido reportadas apenas em estudos in vitro. Assim, este trabalho avaliou o efeito terapêutico desta cepa bacteriana no modelo de mucosite intestinal induzida por 5-FU. Para isso, camundongos BALB/c foram divididos em quatro grupos experimentais e tratados por contínuous feeding com leite não fermentado ou com leite fermentado contendo 7,5×107 UFC/mL de L. delbrueckii CIDCA 133. Para indução da mucosite os animais receberam uma única injeção intraperitoneal de 5-FU (300 mg/kg). Os resultados obtidos demostraram que o tratamento preveniu a perda de peso dos animais, a secreção de sIgA, a leucopenia e o infiltrado inflamatório. Além disso, foi capaz de atenuar a redução do comprimento intestinal, bem como o número de células caliciformes. Observou-se proteção contra o aumento da permeabilidade intestinal, com melhoria no escores histológicos e na arquitetura tecidual. Em conclusão, o tratamento com leite fermentado por CIDCA 133 foi capaz de prevenir os danos adversos à mucosa intestinal induzidos pela administração de 5-FU.

Palavras-chave


Quimioterapia. Inflamação intestinal. Lactobacillus Delbrueckii. Processo anti-inflamatório.