Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 26ª Mostra Específica de Trabalhos e Aplicações

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DE MEIOS POROSOS NA FILTRAÇÃO DE REJEITO FOSFÁTICO DE TAPIRA
Michelly dos Santos Oliveira, Francisco de Castro Valente Neto, Rafaela Gomes Rodrigues, Gabriel Rizi Silva, Maria Alice Melo Faria

Última alteração: 2016-09-18

Resumo


O beneficiamento de minérios, em sua grande maioria, encerra-se com as operações de separação sólido-líquido, responsáveis pela recuperação da água empregada no processo. Dentre essas, inclui-se a filtração, a qual deve permitir a retenção dos sólidos e a passagem de líquido através de um meio poroso. O sucesso dessa etapa depende primordialmente da escolha desse elemento filtrante através de testes laboratoriais. Neste trabalho foram avaliados diferentes meios filtrantes empregando-se o rejeito fosfático de Tapira/MG, visando a escolha daquele que contribua para a maior eficiência de filtragem. Pois, atualmente, a disposição de rejeitos do processamento mineral é um grande problema, devido ao impacto ambiental acarretado. O resultado final foi gerado comparando-se importantes parâmetros operacionais, como a umidade da torta, turbidez do filtrado e taxa unitária de filtragem. Sob essas condições, o tecido 4400-T, fabricado pela Remae, foi eleito o melhor, com umidade da torta igual a 32,31%, filtrado clarificado com 0,00% de sólidos e elevada taxa unitária de filtragem; 0,097 t/h/m2.

Palavras-chave


Filtração. Meio Poroso. Rejeito Fosfático.

Referências


ABINT (Associação Brasileira das Indústrias de Não Tecidos e Tecidos Técnicos). 1991. Tecidos técnicos.Disponível em:

<http://www.abint.org.br/tecidostecnicos.html>. Acesso em: 01 mar. 2016.

AMARANTE, S. C. 2002. Filtragem de minérios de ferro - comparação entre métodos de filtragem de laboratório: Testes de Folha e de Funil de Büchner. (Dissertação de mestrado). Curso de Pós-Graduação em Engenharia Metalúrgica e de Minas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 137 p.

BEZERRA, M. A. & BROD, J. A., 2011. Mineralogia da Apatita do Complexo Alcalino-Carbonatítico de Tapira. Universidade Federal de Goiás, 14 p.

CHAVES, A.P., 2013. Teoria e Prática do Tratamento de Minérios. Desaguamento, Espessamento e Filtragem. Editora Oficina de Textos, São Paulo, v. 2, 4. ed., 240 p.

 

CRUZ P.T.,1973. Estabilidade de Taludes. Escola Politécnica da Universidade de SãoPaulo. USP, 103 p.

 

DIAS, C. D. L. P., SILVA, L. M. D., PERES, A. E. C. & VALADÃO, G. E. S., 2004. Utilização de reagentes auxiliares na filtragem.Revista Escola de Minas: Ouro Preto, p. 229-234.

 

DORR-OLIVER, 1972. Filtration leaf test procedures.Stamford: Dorr- Oliver Inc.

 

FERRARI, V. C., 2000. Fosfatos Primários e Secundários nos Perfis de Intemperismo sobre os Maciços Alcalino-Carbonatíticos de Juquiá (SP), Anitápolis (SC) e Tapira (MG). (Tese de doutorado). Programa de Pós-Graduação em Geoquímica e Geotectônica,Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo, USP, São Paulo: 218p.

 

FRANÇA, S.C.A.; CASQUEIRA,G. R, 2007. Ensaios de filtragem em filtro de folha (leaf test).In: LUZ, A.B., SAMPAIO, J.A. e ALMEIDA, S.L.M. (Ed.). Tratamento de Minérios. Práticas Laboratoriais. Rio de Janeiro, CETEM/MCT, p. 573-607.

 

FRANÇA, S.C.A.; MASSARANI,G., 2004. Separação sólido-líquido. In: LUZ, A.B., SAMPAIO, J.A. e ALMEIDA, S.L.M. (Ed.). Tratamento de Minérios. Rio de Janeiro: CETEM/MCT, 4.ed.,p. 411-422.

GUIMARÃES, N.C., VALADÃO, G.E.S. & PERES, A.E.C., 2011. Comparativo de tecnologias de filtragem aplicada a rejeitos de minério de ferro. In: 41º Seminário de redução do minério de ferro e matérias primas. Vila Velha, 10p.

LOUREIRO, F. E. L., MONTE, M. B. D. M. & NASCIMENTO, M., 2008. Agrominerais- Fosfato. In: (Ed.). Rochas e Minerais Industriais. Rio de Janeiro, CETEM/MCT, p.141-180.

MINÉRIOS & MINERALES, 2012.Tapira/Fosfato.Disponível em: <www.minerios.com.br/EdicoesInt/1171/31/TAPIRA__FOSFATO.aspx>. Acesso em: 25 fev. 2016.

OLIVEIRA, M. L. M. D., LUZ, J. A. M. D. & LACERDA, C., M. M., 2004. Filtragem. Apostila de espessamento e filtragem. Ouro Preto, UFOP, 122 p.

OLIVEIRA, M, S., 2015a. Filtragem. Disciplina de separação sólido- líquido. Araxá, CEFET, 59 p.

OLIVEIRA, M.S., 2015b.Apostila de prática experimental de tratamento de minérios. Araxá, CEFET, 49p.

PINTO, C. L. L., DUTRA, J. I. G., SALUM, M. J. G., GANIME, J. F. & OLIVEIRA, M. S., 2011. Estudo de caso: principal polo produtor de fosfato e nióbio do país. Araxá, 24 p.

REIS, R. C. 2010. Estudo de estabilidade de taludes da mina de Tapira-MG. (Dissertação de mestrado). Núcleo de Geotecnia da Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 145 p.

SILVA, F. B. R. D. 2016. Análise das principais variáveis na flotaçao industrial do complexo de mineracao de Tapira. (Dissertação de mestrado). Pesquisa e desenvolvimento de processos químicos, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016. 176 p.

SILVA, J. C. F., SOUZA, H. S. & BARROS, L. A. F.,2004. Estudo de otimização dos sistemas mecanicamente agitados, no complexo de mineração de Tapira. Tapira, 9 p.

SILVA, L. A. 2015. Avaliação do tempo de condicionamento, dosagem de reagentes e granulometria para flotação de fosfato em coluna. (Trabalho de conclusão de curso). CEFET MG, Araxá, 2015. 86 p.

STAUCH, C., 2013. Tecidos Técnicos para Filtração. Seminário de filtração, Universidade Federal de Goiás, Catalão, 22 p.

TURRER, H. D. G., JUNIOR, A. M. A., DOELLINGER, T. M., & ZUCHI, M. A., 2010.  Uso de coagulantes para manutenção do desempenho da filtragem de minério de ferro. Tecnol. Metal. Mater. Miner., São Paulo, v.7,n. 1-2, p. 42-48.

VALADÃO, G. E. S., 2012. Separação sólido- líquido. In: Ufmg (Ed.). Introdução ao tratamento de minérios. Belo Horizonte, v.2., p.141-161.

VAZ, J., SILVA, E. M. S., ARAÚJO, V. R., 2014. Desaguamento de lama de rocha fosfática: pasta mineral.In: Seminário de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação Regional Catalão. Coletânea Interdisciplinar em Pesquisa, Pós Graduação e Inovação. Goiás, v. 3, n. 11, p. 170-186.


É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.