Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 27ª Mostra Específica de Trabalhos e Aplicações

Tamanho da fonte: 
"Análise da ação do Origanum vulgare sobre o crescimento fúngico"
rosiane resende leite, Ana Santos Loiola, Clara Lechtman Gazel

Última alteração: 2017-08-29

Resumo


Este trabalho está sendo desenvolvido no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais e tem como objetivo avaliar a capacidade antifúngica do Origanum vulgare, bem como elaborar um produto capaz de promover o tratamento de micoses quando este for usado topicamente. O Origanum vulgare é uma planta ramificada, perene, semi-lenhosa e herbácea com folhas aromáticas. É conhecida popularmente como orégano e seu uso na alimentação humana é recorrente. Para analisar o efeito antifúngico do Origanum vulgare, as folhas da planta foram previamente secas em uma estufa, adicionadas à uma base aquecida em um frasco estéril e após 15 dias, já estavam aptas para aplicação em quatro extratos distintos quanto à composição: Extrato I: água destilada e orégano; extrato 2: álcool e orégano; extrato 3: óleo mineral e orégano; extrato 4: azeite extravirgem e orégano. Os ensaios foram realizados de duas maneiras distintas: aplicação dos extratos em placas de Petri com meio específico para fungos já contaminadas e em placas estéreis posteriormente expostas. O projeto encontra-se em andamento. Espera-se que a utilização do extrato iniba ou evite o crescimento de fungos, comprovando a eficácia da planta em relação a esta atividade. Assim, será possível o uso tópico do fármaco de O. vulgare com o objetivo de impedir e combater o crescimento fúngico. Portanto, o uso dessa planta medicinal é viável para a população, visto que o infuso pode ser preparado facilmente e seus componentes são de fácil

Palavras-chave


Orégano. Fungicida. Plantas medicinais.