Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 29ª Mostra Específica de Trabalhos e Aplicações

Tamanho da fonte: 
SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES: ALTERAÇÕES NAS DEFINIÇÕES DAS UNIDADES DE BASE E IMPACTOS ESPERADOS
Thiago Gomes Cardoso, Thiago Ferreira Querino, Christhopher Oliveira Napier, João Pedro Rezende Pucinelli, Luís Otávio de Oliveira Alvarenga

Última alteração: 2019-10-01

Resumo


Em 1875 ocorreu a assinatura da Convenção do Metro a qual criou o BIPM (Escritório Internacional de Pesos e Medidas); a Conferência Geral de Pesos e Medidas (CGPM) e o Comitê Internacional de Pesos e Medidas (CIPM); culminando com a implementação dos novos padrões do metro e do kilograma que foram validados em 1889. Com a 11ª CGPM em 1960, foi adotado a nomenclatura de Sistema Internacional de Unidades (SI) para o conjunto de unidades e grandezas de base que embasam todo esse sistema de unidades. O SI é baseado em 7 grandezas das quais obtem-se todas as outras grandezas e unidades desse sistema: as grandezas e unidades derivadas. Em 20 de maio de 2019, novas definições para as grandezas de base foram adotadas para a atualização do SI . Este trabalho objetiva analisar quais são as mudanças e em que se baseiam as novas unidades; quais os benefícios de tal mudança bem como os impactos na vida cotidiana e científica. Análises referentes às novas definições do SI estabelecidas pelo BIPM foram feitas por meio da análise do documento publicado pelo órgão e em outras fontes bibliográficas, observando-se os conceitos técnicos científicos envolvidos na definição das respectivas unidades base

Palavras-chave


Sistema Internacional de Unidades. Atualização do SI. CGPM.