Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, 29ª Mostra Específica de Trabalhos e Aplicações

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DO RUÍDO NO REFEITÓRIO DO CEFET-MG UNIDADE DE VARGINHA
Daniel Soares Alcantara, Juliano Coêlho Miranda, Yasmin Nogueira da Silva

Última alteração: 2019-08-14

Resumo


Hoje em dia, a poluição sonora é um grande problema que precisa ser monitorado, especialmente no ambiente educacional, pois é importante ter um ambiente propício para o professor e aluno para fins de ensino e aprendizagem. Em algumas atividades dentro da escola o ruído ambiental tornou-se um problema crescente de saúde e aprendizagem. O ruído é responsável por vários efeitos na saúde e no bem-estar, que dependem da combinação de intensidade, frequência e duração da exposição. A exposição contínua a altos níveis de ruído pode causar problemas fisiológicos e psicológicos, gerando incômodo e dificuldades de aprendizagem. No entanto, com exceção de sons extremamente altos, a perda auditiva induzida por ruído é uma debilidade lenta e progressiva, que geralmente passa despercebida, até que a perda seja significativa. Uma das exposições mais comuns para os alunos de CEFET-MG/Varginha, esta presente no refeitório, neste ambiente existe uma mistura de sons, geralmente com uma intensidade flutuante e uma combinação de diversas frequências, como conversas, bipes, movimentação de cadeiras, etc.. O objetivo desta pesquisa é caracterizar os níveis de ruído durante o período de refeição dos alunos.

Palavras-chave


NR-15. Perda auditiva. Aprendizagem.