Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, Seminário de Trabalhos Técnico-Científicos dos Servidores TAE em Gestão Pública

Tamanho da fonte: 
Comprometimento Organizacional: comparando professores efetivos e substitutos em uma IES Pública Federal
Fabiana da Silva Pereira

Última alteração: 2013-10-16

Resumo


Esta pesquisa tem por objetivo descrever e analisar, utilizando as abordagens quantitativa e qualitativa, o comprometimento organizacional de professores efetivos e substitutos de uma instituição de ensino técnico e superior pública federal localizada no interior de Minas Gerais. Para realização deste estudo foi utilizado o modelo tridimensional proposto por Meyer e Allen (1991). Participaram desta pesquisa 45 professores, sendo 26 professores efetivos e 19 professores substitutos. Para o tratamento dos dados quantitativos foram utilizadas as técnicas estatísticas univariada e bivariada. Em seguida, foi realizada uma entrevista semiestruturada para aprofundamento dos resultados obtidos na pesquisa quantitativa. Os resultados quantitativos demonstraram maiores médias para as dimensões afetiva, seguida da calculativa e da normativa, tanto para os professores efetivos quanto para os professores substitutos, sendo que para todas estas dimensões os maiores escores foram para os professores substitutos. Através da aplicação de entrevistas semiestruturadas foi possível conhecer os motivos pelos quais os professores substitutos tendem a ser mais comprometidos afetivamente, normativamente e calculativamente com a instituição que os professores efetivos. Os indicadores de maior vínculo afetivo dos professores efetivos referem-se à responsabilidade, dedicação e envolvimento. Em relação aos professores substitutos os indicadores de maior vínculo afetivo foram os relativos à responsabilidade, interesse e confiança. Quanto aos indicadores do vínculo calculativo, os professores efetivos tendem ao sentimento de perda em relação à estabilidade e perda de coisas caso pedissem exoneração, enquanto que para os professores substitutos, os indicadores do vínculo calculativo relacionam-se ao sentimento de perda da liberdade para realização do trabalho e perda dos esforços feitos para chegar onde estão na instituição. Em relação ao comprometimento normativo, os professores efetivos tendem a acreditar mais do que os professores substitutos que não devam manter obrigações e deveres morais para com a instituição. Os elevados índices de comprometimento dos professores substitutos em relação aos professores efetivos foram analisados nas entrevistas sendo que o fator estabilidade foi apontado como o principal motivo que pode ter ocasionado estes resultados.


Palavras-chave


Comprometimento organizacional. Professores efetivos. Professores substitutos.

Um cadastro no sistema é obrigatório para visualizar os documentos. Clique aqui para criar um cadastro.