Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, X Semana de Ciência & Tecnologia 2014

Tamanho da fonte: 
COPRODUÇÃO DO BEM PÚBLICO: Um Estudo de Caso sobre Limites e Possibilidades da Conferência Nacional de Educação
Lilian Assis, Patricia Albuquerque Gomes, Mariana Martins

Última alteração: 2014-08-28

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar a participação social no processo de coprodução do bem público.No contexto de grandes transformações na administração pública surgem espaços democráticos voltados à construção de políticas públicas. (COSTA et al., 2005). Atualmente nota-se a ascendência da governança pública, que para Neto e Göhring (2010, p. 4) “[...] implica na criação de espaços públicos deliberativos de decisão, no compartilhamento de responsabilidades, na construção de redes e no fortalecimento dos diversos atores” (NETO E GÖHRING, 2010). Entretanto, é importante ressaltar que a relação Estado-sociedade também é influenciada pelo contexto histórico, social e cultural (SCHOMMER, 2003). Percebe-se que há uma escassez de estudos sobre coprodução do bem público e o enfoque dos mesmos é pragmático, sem consideração à base epistemológica e teórica, o que permite concluir que o tema ainda não teve uma saturação de estudo (SALM; MENEGASSO; RIBEIRO, 2010). Diante destas considerações e buscando contribuir para o enriquecimento dos estudos no assunto, o presente trabalho surge para analisar a participação social no processo de coprodução do bem público, evidenciando fatores relacionados aos desafios dos executores em promovê-la.

 


Palavras-chave


Coprodução do bem público. Administração Pública. CONAE