Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, X Semana de Ciência & Tecnologia 2014

Tamanho da fonte: 
Ouvir para contar: construção de um acervo de memórias de ex-alunos negros diplomados pelo curso Técnico de Química Industrial - 1964-1976
Laura Nogueira Oliveira, Adriana Rodrigues Gonçalves, Bárbara Santana Braz, Nardele Aparecida Chaves Silva

Última alteração: 2014-10-10

Resumo


A pesquisa consistiu na realização de entrevistas orais semiestruturadas com ex-alunos negros diplomados pelo curso Técnico de Química Industrial, da Escola Técnica, nos anos de 1964 a 1977. Os dados referentes às turmas foram levantados nas pastas cadastrais dos alunos, que estão depositadas no arquivo do Registro Escolar. O levantamento dos dados das turmas permitiu traçar um perfil étnico dos ingressos a partir do fenótipo observado nas fotos do registro de matrícula e/ou na classificação racial no registro de nascimento. Objetivou-se conhecer a percepção dos entrevistados à época em termos étnicos – e como se percebem hoje – e seu olhar sobre as interrelações construídas na Escola Técnica; saber de suas estratégias de inserção em um ambiente onde eram exceção; saber das dificuldades e (re)sentimentos vivenciados; ouvir sobre como a formação técnica afetou e atravessou suas trajetórias na sociedade. Metodologicamente, o emprego da permitiu ampliar o conhecimento sobre experiências, valores e sentimentos. Foi dar voz àqueles homens e mulheres negros que, ultrapassando uma barreira social e étnico-racial, alcançaram uma formação técnica que os distinguiu da imensa maioria dos negros brasileiros.

 


Palavras-chave


Memórias. História Oral. Negros brasileiros