Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, Seminário de Discentes dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu

Tamanho da fonte: 
BASE DE DADOS DIGITAL SOBRE CONJUNTOS EXPOSITIVOS BASEADOS EM MODELAGEM
Alexandre da Silva Ferry, Rafael Bruno da Cunha Fonseca, Rayane de Souza Fernandes, Renato José de Magalhães

Última alteração: 2018-09-11

Resumo


Os museus são instituições com objetivos variados, como lazer, comunicação, inclusão social e educação. Essas instituições também possuem a função de divulgar, principalmente por meio de suas exposições, parte do conhecimento científico para um público amplo e diversificado. As exposições, seja por meio de textos, imagens e, principalmente, objetos, desempenham um papel central na museografia, sendo o diferencial dos museus frente a outras mídias de comunicação. No contexto de uma investigação pós-doutoral realizada em nosso grupo de pesquisa, registrou-se cerca de 650 conjuntos expositivos baseados em modelagem, encontrados em mais de 40 centros e museus de ciências europeus, com a finalidade de caracterizar as diferentes estratégias de modelagem empregadas e discutir suas contribuições para a educação em ciências e tecnologia. O objetivo deste trabalho é desenvolver um banco de dados digital que possibilite cadastrar, classificar e analisar os registros fotográficos produzidos, de forma a torná-los acessíveis a pesquisadores interessados na temática e ao público em geral. Para tanto, escolheu-se um software livre para gestão de acervos culturais digitalizados, conhecido como Tainacan, utilizado em conjunto com a ferramenta para criação de sites WordPress, como base para o desenvolvimento do referido banco. Espera-se, a partir de testes operados com o Tainacan, desenvolver uma nova ferramenta com funcionalidades adequadas ao objetivo deste trabalho.

Palavras-chave


Tainacan. Base de dados digital. Conjuntos expositivos. Estratégias de modelagem