Portal de Administração de Conferências - CEFET-MG, Seminário de Discentes dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu

Tamanho da fonte: 
DOMÍNIOS E PROPÓSITOS DE COMPARAÇÕES APRESENTADAS POR AUTORES DE LIVROS DIDÁTICOS DE QUÍMICA NOS CONTEXTOS DAS TEORIAS ATÔMICAS
Gilson Rodrigues Alvarenga, Alexandre da Silva Ferry, Mariana de Lourdes Almeida Vieira, Ronaldo Luiz Nagem

Última alteração: 2016-09-13

Resumo


Este trabalho é parte integrante de uma pesquisa de mestrado que pretende responder, entre outras questões, a seguinte pergunta: como distinguir diferentes níveis de enriquecimento dados por autores de livros didáticos na construção de analogias? O objetivo deste trabalho foi identificar domínios e propósitos de comparações apresentadas nos contextos das teorias atômicas por autores dos livros didáticos de Química, aprovados pelo PNLD 2015, para posterior análise estrutural, tendo como referencial teórico as concepções de Dedre Gentner, Paul Thagard e Keith Holyoak sobre as analogias. Em nossa revisão bibliográfica encontramos estudos dedicados à análise de analogias presentes em livros didáticos dessa disciplina, entretanto, nenhum foi conduzido com base nessas teorias. Fizemos o levantamento das comparações por meio da leitura integral dos capítulos e seções dedicados às teorias atômicas, identificando enunciados que evidenciavam a proposição de alguma comparação. Elaboramos um quadro com a identificação dos tópicos de conteúdo, dos trechos dos livros, dos domínios base e alvo das comparações e dos seus propósitos contextuais. Foram identificadas 17 ocorrências com 10 comparações distintas nas quatro coleções didáticas analisadas. Essa quantidade relativamente alta de comparações provavelmente está relacionada ao caráter demasiadamente abstrato dos tópicos de conteúdo correspondentes.

Palavras-chave


Livro didático. Ensino de Química. Analogias.